segunda-feira, 25 de junho de 2012

Resumi-me a palavras narradas na esperança de um amanhã melhor. Tranquei-me em ti e revelei-me melhor do que outrora. Não comandei o coração. Este mesmo fizera o trabalho sozinho. As palavras ganharam alento e exploraram o melhor da vida. Tatuei na alma o segredo da solidão: não deixes o que é teu afundar na escuridão. Escutei-te até ao fim. Não interrompi, não falhei. Limpei as tua lágrima e fiz com que estas não se afundassem no teu rosto. Cantei para ti. Sussurrei-te palavras bonitas ao ouvido. Embalei-te na mais bela melodia que conheço. Proferi versos de Garrett até entenderes o verdadeiro valor e estima que as palavras significam e têm em mim. E apaixonei-me por ti. Da primeira à ultima vez que te vi. 

21 comentários:

  1. escusado será dizer que este é só mais um texto lindo dos teus *-*

    ResponderEliminar
  2. não muitos... mas poucos e grandes:)

    ResponderEliminar
  3. adoro a maneira como escreves como já sabes. este é dos melhores textos que já vi no blog, meu amor. participa no meu desafio!

    ResponderEliminar
  4. sabes? eu não digo isto a toda a gente, não digo mesmo. fui totalmente sincera, eu acho que isto está simplesmente magnífico!

    ResponderEliminar
  5. oh minha querida obrigada!!
    Meu deus mais que perfeito este!

    ResponderEliminar
  6. não sei querida, não sei mesmo, não seria a coisa mais cruel que ele me fizera.

    ResponderEliminar
  7. adoro a frase que tens aí em cima :)

    ResponderEliminar
  8. E só me mudam se eu deixar não é? Não posso deixar

    ResponderEliminar
  9. ADOROOOO!

    É mesmo querida, já não era sem tempo. :)

    ResponderEliminar
  10. oh o texto está tão perfeito amor !

    ResponderEliminar
  11. eu sei que tenho de descansar, mas ñ consigo.

    ResponderEliminar
  12. eu sei que tenho de descansar, mas ñ consigo!

    ResponderEliminar
  13. Eu chateio-me tanto comigo própria por ser assim! Lidas bem com esse tipo de reação?

    ResponderEliminar
  14. Amoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo ! *o*

    ResponderEliminar