quarta-feira, 30 de maio de 2012

Diário da tua ausência #10

Vamos respirar. Conta até três e inspira com força. O ar está poluído, sei bem do que falo. Poluído de indivíduos maléficos, sem coração. Poluído de seres que não acreditam no amor e nos pós mágicos. Na lua e nas estrelas, mas que, no entanto, no sol, já acreditam. Poluído de mentiras relacionadas com o ódio e de ilusões envenenadas. Ilusões envenenadas, estás tu repetidamente a ler. Expira calmamente. Senta-te na cadeira de madeira e pensa: uma maça envenenada é um fruto proibido. Ninguém o quer, não é assim? Porém, os vingativos conseguem burlar os tolerantes. Assim, há uma ligação de tudo isto na vida real. 
Vamos contar até quatro juntos, pode ser? Assim, esquecemos todos os acontecimentos nocivos para a felicidade. Em cada algarismo, pedimos um desejo. Entre-calamos as vozes, os desejos, os pedidos. O primeiro é teu. O segundo é meu. E assim sucessivamente. 
Vou passar para o papel já quase preenchido todos os anseios e ambições proferidos. 
1º- Falecimento das almas más;
2º- Desaparecimento da maldade;
3º- Encerro das maças envenenadas;
4º- Chega de palavras caras, sim? Que fiquemos unidos, para sempre.

13 comentários:

  1. e eu amo o teu princesa (:
    acho q todas as raparigas sonham ter um rapaz assim .

    ResponderEliminar
  2. claro, aqui está, http://www.fotolog.com/margaridacorreia/101992545/ apenas está no fotolog porque foi lá que comecei a escrever muito antes do blog, e fazia sentido naquela altura antes de ele mudar, porque só dava para publicar uma foto por dia, e assim os dias ficavam todos contadinhos.

    ResponderEliminar
  3. só sei agradecer-te por mais um mimo. também aqui sorrio ao ler-te. quero que estes dias aqueçam o teu coração <3

    ResponderEliminar
  4. também és um doce minha querida (:

    ResponderEliminar
  5. eu ainda não acabei, faltam mais 3 bah.

    ResponderEliminar
  6. claro, toda a gente fica contente a saber que é uma jóia de pessoa (:

    ResponderEliminar
  7. não acabou, mas quando estás mesmo a voar alto e te fazem cair, custa, muito.

    ResponderEliminar
  8. obrigado por partilhares isso comigo, visto que é algo pessoal. eu não vou deixar de comer, sei bem o quão mau isso pode ser. vou tentar aceitar-me tal e qual como sou ..
    obrigada pela força (:

    ResponderEliminar