quarta-feira, 30 de maio de 2012


Sou quase como um baralho de cartas. Escolhi bem o nome, reflito agora. Baralho de confusão, desordem, balburdia. Tanto sou um valete, como uma dama assim como consigo ser um rei ou um joker. Ou então posso utilizar os termos mais populares: ou sou espadas e ouros ou copas  e paus. Nunca jogo a carta certa, opto sempre pela mais fácil. Está claro que perco pontos e chego até a arruinar o jogo. Sou uma cartada forte, contudo, fácil de demolir. Não tenho truques nas mangas, nem faço batota usualmente. Faço magia concreta que, sinceramente, nem eu sei como funciona. Por vezes, nem chega a ter tal funcionamento. Perco-me na batotice presente no jogo dos outros. Fico de fora a assistir ao entretimento alheio e sou invadida por uma sensação melancólica que me mete mais preguiçosa do que sei lá o quê. É estranho observar algo que sempre me causara náuseas. 
É como digo, ou sou o oito ou o oitenta. Azar no jogo, sorte no amor, não é assim?

31 comentários:

  1. porque não é fácil passar por o lugar que tiveste com ele, ainda por cima és obrigada por lá. faz parte do meu caminho para casa...

    ResponderEliminar
  2. Igualmente fofinha!
    Felizmente as minhas tarefas terminaram todas hoje, só faltam dois exameees. :)

    ResponderEliminar
  3. Está fantástico! Identifico-me com o texto... Adorei mesmo, doce :')

    ResponderEliminar
  4. Adorei, adorei este texto*

    E sim, é bem verdade, eu não posso deixar que me dominem, não pela milésima vez na minha vida.

    ResponderEliminar
  5. obrigada querida, vai custar-me tanto..

    ResponderEliminar
  6. assim espero. é bom que te aqueçam durante muito tempo.

    ResponderEliminar
  7. não vou amor, adoro sempre esta tua escrita linda <3

    ResponderEliminar
  8. de nada minha querida (:

    ResponderEliminar
  9. Nunca li o que estás a ler, mas faz parte da minha lista de livros, visto que quero ler todos os livros de Nicholas Sparks.

    ResponderEliminar
  10. obrigada amor, não sejas tão 'biolenta' :b

    ResponderEliminar
  11. Fica facilmente na cabeça e é tão verdadeira!

    ResponderEliminar
  12. Obrigada princesa (:
    Adorei este post, acho que é muito diferente de muitos que se lêem por ai. Não estou a desvalorizar os outros, estou só a dizer que este texto me chamou à atenção. tens jeito (;

    ResponderEliminar
  13. estou demasiado cansada emocionalmente para fazer isso princesa. mas obrigado pela força :)

    ResponderEliminar
  14. hoje chorei tanto por causa disso princesa :c

    ResponderEliminar
  15. é muito duro separar-nos de quem gostamos!

    ResponderEliminar
  16. vai ser tão complicado, meu anjo :x

    ResponderEliminar
  17. é bom saber. também podes contar comigo :)

    ResponderEliminar
  18. espero que sim, vou-me habituar :)

    ResponderEliminar
  19. Amei o texto, mesmo tantos baralhos por aí espalhados!

    ResponderEliminar
  20. este texto esta mesmo lindo! amei *

    ResponderEliminar