domingo, 15 de abril de 2012


Aproximo-me da praia, e sento-me à beira-mar. Não está o calor abrasador que costuma estar. Não estão presentes as caras já conhecidas e só se vêm surfistas no alto mar. Sinto um arrepio na espinha, e aconchego-me mais na areia. Agarro-a numa mão e, oh, como gostava que ela permanecesse, sempre, com a mesma quantidade. Encontro uma pedra, e mando-a o mais longe possível. Não tenho força e acaba por ser apanhada por alguém. Aliás, não sei se embateu com esse alguém, porque tenho os olhos com lágrimas. «Dia dificil?», pergunta-me. Reflicto. «Tempos difíceis», acabo por responder. A conversa toma um rumo distante, diferente, que me aconchega. Não sei como nem porquê, encosto-me a ti, e consigo ver-te a esboçar um sorriso. Sorriu também e acabo por adormecer desta maneira que aprendera a desconhecer. Sinto-te a mexeres-me na mão e a entregares-me algo leve, mas com um peso que me abala o coração. Abro os olhos, devagar e o vazio preenche-se de mim. Estou em casa, no meu pequeno quarto de cor cinzento. Visualizo a minha mão e a surpresa invade-me a alma. Está fechada, a guardar algo. Abro-a devagar e tenho uma pequena concha ainda com pequeninos grãos de areia. Esboço, de novo, um sorriso, mas este diferencia-se do outro. Oh, como gostava de ter acordado e de ter comigo. Olho para o relógio e vejo um envelope em cima da mesa. Somente diz que, em breve, nos vamos encontrar num grande e leve sonho narrado numa folha de papel. 

62 comentários:

  1. uaau fiquei fascinada com as tuas palavras o texto está lindo mesmo :) o sonho reflete os teus sentimentos está simplesmente lindo amei querida :)

    ResponderEliminar
  2. Há alguma na tua escrita que me deixa assim, sem palavras, e com uma paz interior incrível.
    Mais uma vez, amei!

    ResponderEliminar
  3. Está bem lindo o texto , escreves mesmo bem fogo. Parabéns. :3

    ResponderEliminar
  4. Bonitas as tuas palavras, minha linda (:

    ResponderEliminar
  5. obrigado querida mas não estão nada de especial foram tiradas desprevenidas por isso ficamos um pouco esquecitas mas ainda bem que gostas-te obrigado querida .
    gostei mesmo do teu texto escreves mesmo bem :)

    ResponderEliminar
  6. também tenho estado ausente daqui :s por isso é normal que não visites muito o meu blog :)

    ResponderEliminar
  7. eu gosto imenso dos teus textos e claro que consegues muito melhor , trabalha cada vez mais e mais e vais chegar onde tu quiseres mas sabes o que é mais bonito nos teus textos ? é que tu não escreves por escreveres , tu escreves com o coração e isso é muito importante :) além disso os textos são um autentico enigma é preciso ler o texto até ao fim para entender a mensagem que queres passar é muito interessante :)

    ResponderEliminar
  8. é sim :) ando pouco inspirada para o meu blog :/

    ResponderEliminar
  9. se é isso que gostas de fazer e se te sentes bem a escrever então nunca desistas e faz sempre aquilo que te faz feliz :) confesso que o final deste teu texto me surpreendeu porque não estava nada a espera que fosse um sonho onde estavas a sentir aquilo, no inicio pensava que estavas a descrever o que estava mesmo a acontecer :) gostei muito conseguiste impresionar-me querida :)

    ResponderEliminar
  10. sim, é falta de inspiração. por isso é que fico às vezes uma semana sem vir ao blog :s

    ResponderEliminar
  11. uau, adorei!
    está completamente lindo, gostei mesmo mesmo muito (:

    ResponderEliminar
  12. oh, não tens que agradecer querida. Tenho todo o gosto nisso (:

    ResponderEliminar
  13. a sério, querida? fico super feliz por isso, confesso.
    adorei este textinho, fez-me relaxar imenso.

    ResponderEliminar
  14. isto passa, desculpa estar a incomodar $:
    Obrigada pelas palavras +.+

    ResponderEliminar
  15. obrigada fofinha, pelas palavrinhas, e sabes que também estou aqui se precisares de alguma coisa!
    só digo a verdade :)

    ResponderEliminar
  16. obrigada princesa, e qualquer coisa, conta comigo! :)

    ResponderEliminar
  17. Está lindoooo!
    Oh, obrigada mesmo! Nem imaginas o quanto é bom saber isso. Fico mesmo muito muito feliz. Também gosto imenso do teu cantinho e tu és uma pessoa maravilhosa. ((:

    ResponderEliminar
  18. olha só quem fala, minha Aninha.
    podes falar comigo sempre que quiseres. (em relação à imagem) :3

    ResponderEliminar
  19. Muitíssimo obrigada! Tu também. :)

    ResponderEliminar
  20. Estive bem ontem, hoje voltei a cair um bocadinho... mas só um bocadinho.

    ResponderEliminar
  21. As tuas palavras conjugam tão bem porque são verdadeiras! Adorei este, parabéns!
    Rita

    ResponderEliminar
  22. podes contar comigo, estou aqui :')

    ResponderEliminar
  23. Ohh que lindo *.* Adorei! :D

    Beijinhoo *

    ResponderEliminar
  24. Dizer que está perfeito não chega! Cada letra, cada palavra, cada sinal de pontuação e suspiro que damos enquanto lemos o que escreves faz-nos acreditar. Faz sentir que, podemos ter aqueles momento optimos se o desejarmos muito. Que o ser humano é capaz de sorrir por coisas tão simples mas com um significado tão grande!
    Admiro-te imenso e adora, do fundo do coração, poder um dia ler todas estas palavras, mas num livro, em papel, em que num final de dia, me desses um autógrafo com carinho e te lembrasses deste comentário. Porque acredito e sei que, sabe bem "ouvir" estas palavras, mesmo que não as possas ouvir da minha voz. É bom sentirmos o reconhecimento daquilo que lançamos para estes nossos cantinhos e que tanto transmitem de nós (:
    Vou passar por cá sempre, enquanto me deixares <3

    ResponderEliminar
  25. Tens um coraçãozinho de ouro princesa <3

    ResponderEliminar
  26. muito obrigada querida, por tudo. quero-te bem *

    ResponderEliminar
  27. hihihi , muito obrigada meu doce *.*

    ResponderEliminar