domingo, 20 de maio de 2012

Diário da tua ausência #1

O meu coração está calmo. Demasiado até, para te ser sincera. Não sei se é por estar a falar sobre e para ti, mas, agora, também não importa. Nada importa quando narro para ti. Tens um olhar tão bonito. Um olhar que cativa, chama a atenção. Um olhar sincero, marcante.
Estou a imaginar-te aqui ao meu lado. Com esse teu cabelo todo despenteado, mas que sempre te fica bem. A contares-me uma história. Tanto faz qual, pode ser a da tua vida, até. Sei que és um livro aberto, por isso, nada me espanta se o fizeres. Agarrado à minha alma com a finalidade de a decifrar. Em poucos minutos saberias capta-la e interpreta-la, não tenho dúvidas. 
Vou deitar-me e vou chamar a lua para tentar desenhar-te no céu. Pode ser que assim me protejas até mesmo nos sonhos. 
«Apaga a luz.», dizer-te-ia se tivesses aqui. Boa noite, meu gigante.

31 comentários:

  1. tu escreves cada vez melhor, awesome <3

    ResponderEliminar
  2. infelizmente tenho de concordar com isso :s

    ResponderEliminar
  3. espero que sim princesa, espero mesmo que sim :c

    ResponderEliminar
  4. Gosto muito do que escreves :)
    Continuação de boa escrita!

    http://littlemissbf.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. não fizeste tu senão bem, meu anjo.
    oh, serei só eu que AMO este apontamento? <3

    ResponderEliminar
  6. Não tens que agradecer, querida :)
    Tem uma boa Segunda-feira. :)

    ResponderEliminar
  7. oh, que lindo *-*
    escreves visualmente, entendes? uma pessoa lê-te e cria logo um mundo na sua cabeça com as palavras que nos deixas... é muito bom ler-te!

    ResponderEliminar
  8. foi muito bom mesmo!
    bom texto (:

    ResponderEliminar
  9. Mesmo bonita a forma como falas do teu sentir, daquele que guardas dentro do teu peito, que mostras tão bem em palavras. Gostei muito. Um Beijo :)*

    ResponderEliminar
  10. não tens que agradecer, por nada (:

    ResponderEliminar
  11. é tudo o que preciso de saber.
    obrigada, meu amor <3

    ResponderEliminar