quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Se te dissesse que acreditava em vampiros, dizer-me-ias que era louca. Contudo, não somos todos loucos por acreditar no desconhecido? 
Estes assuntos baralham-te. Sei bem que me irias pedir para parar de pronunciar tal palavras e isso iria deixar-me aborrecida. Mas eu não tenho medo de criaturas maravilhosas. Tenho medo da raça humana. Chamar-me-ias obcecada e eu revirar-te-ia os olhos. És medonho por não acreditar em tal coisa. 

4 comentários:

  1. tanto que ia falar, que falou. e disse a melhor coisa que poderia ter dito!

    ResponderEliminar
  2. continuo a adorar os teus pensamentos, linda, contínua (:

    ResponderEliminar
  3. continuo a adorar os teus pensamentos, linda, contínua (:

    ResponderEliminar