terça-feira, 8 de maio de 2012


Por momentos, voltei aos soluços e às lágrimas abafadas. Como me custa suportar tudo isto. Caiu me de novo o mundo aos pés e, oh, a melancolia abraçou-me de tal forma que formara um enorme nó na garganta. Ainda está por desenrolar, admito. Comecei a habituar-me a ele, assim como as pessoas se habituam a roer as unhas a um determinado tempo. Começa por ser estranho, mas acaba por se tornar habitual. 
Perco a paz dentro de mim e o escuro apodera-se de mim. Parece que sou bipolar, não tenho uma única semana rotineira. Irónico, tenho dito. Parece que os anjos se esqueceram de mim e o pior de tudo é ter caído na armadilha do obscuro. Andava a mirar vidas e acabei por me esquecer dos perigos que assombram a minha. E, oh, foi o suficiente para arruinar tudo. 
Bem, vou chamar os anjos e ter uma conversa séria com eles. «Estou aqui, já podem parar de brincar às escondidas.». Apareçam, por favor.

37 comentários:

  1. está lindo, e essa melancolia há-de desaparecer.

    ResponderEliminar
  2. tem coragem, doce, essa dor toda vai acabar por desaparecer!

    ResponderEliminar
  3. E mais uma vez faz-me quase como que entrar dentro do teu intimo e sentir aquilo que estás a sentir. Sê forte e tem calma, a dor vai desaparecer.

    ResponderEliminar
  4. não tens de quê, obrigada eu
    meu anjo, vai ficar tudo bem. não chores, não vás para a escuridão. estou aqui. <3

    ResponderEliminar
  5. eu sei que sim. custa sempre. mas tudo o que vai, volta, e a felicidade retornará a ti, não tenho dúvidas disso. <3

    ResponderEliminar
  6. nao precisas disso. gosto de te ajudar *

    ResponderEliminar
  7. princesa, onde vais buscar estes temas para o blog?

    ResponderEliminar
  8. Podia ter sido eu a escrevê-lo, sinto-me tal e qual tu neste momento.. Só posso desejar-te muita força, e se precisares de alguma coisa estou aqui <3

    ResponderEliminar
  9. ora essa, não tens nada de agradecer.
    voltarei mais vezes (: (: (:

    ResponderEliminar
  10. às vezes parece que os anjos se esquecem de nós, mas eles estão cá sempre e há-de chegar a tua vez de ser feliz. força e nunca desanimes. visita o meu blog :)

    ResponderEliminar
  11. vais ver que sim!
    estou bem. sinto-me livre, finalmente. acabei hoje com ele. mesmo oficialmente. falei com ele, ao vivo. graças a uma amiga minha que o consegui puxar para ao pé de nós (aos berros). disse-lhe que ele se comportava como uma criança e dei-lhe um imenso sermão. (deve ter entrado por um ouvido a cem e saído pelo outro a duzentos, mas enfim.) <3

    ResponderEliminar
  12. Mas sabes o que dizem, depois da tempestade...

    ResponderEliminar
  13. Obrigada, eu também quero muito ver-nos juntos!!

    ResponderEliminar
  14. Andei desaparecida, mas aqui estou novamente ! Já tinha saudades de ler as tuas palavras (: que conforto !
    Como estás querida ? Não sei bem se estás muito bem, mas quero que estejas. Já te disse que tens pessoas deste lado a torcerem por ti *.*
    Haaa, mudaste o nome do blog, e admito que gosto :')
    Um beijinho grandeee <3

    ResponderEliminar
  15. de nada princesa.
    espero que os anjos apareçam e te protejam de todas essas sombras

    ResponderEliminar
  16. Bem, eu quando disse que adorava mesmo o teu blog não foi por dizer, mas sim porque gosto muito de ler tudo aquilo que escreves e (quase) todos os dias espero por mais um dos teus textos!!
    continuarei a ser a mesma seguidora atenta do teu blog pois é um blog que me dá mesmo muito prazer seguir :)
    beijinho :P

    ResponderEliminar
  17. obrigada minha querida... vou tentar voltar, aos bocadinhos <3

    ResponderEliminar
  18. O teu texto... que lindo meu deus! Força rapariga (;

    ResponderEliminar
  19. obrigada minha princesa. eu estarei sempre aqui para te ajudar em tudo o que te poder. infelizmente so te poderei ajudar por palavras e nao por gestos, mas prometo esforçar-me ao maximo. conta comigo! <3

    ResponderEliminar
  20. nao tens mesmo que agradecer fofinha <3

    ResponderEliminar
  21. oh, nada mesmo doce, tento sê-lo, isso sim.
    não tens de me admirar, meu amor <3

    ResponderEliminar