sábado, 10 de março de 2012

Sem Medos- XXXIV

Passara a noite no hospital e mal dormira. Passara-se um filme longo com todos os momentos passados com o Jonny. Momentos esses que me fizeram inteiramente feliz, como à muito não estava. Momentos esses que me fizerem pensar que era por minha causa que ele estava naquela cama..
-Ana, sentes-te bem? - perguntou uma enfermeira que apareceu à porta.
Estava tão cansada..
-Estou, estou bem. Não se preocupe.
-Tens de descansar. Não te faz bem estar tantas horas acordada.
-Sim, eu sei. Mas eu estou bem, não se preocupe.
Alguns minutos depois de ter saído, o meu namorado abriu os olhos.
-O que é que te fizeram? O que é isso que tens na testa, Ana? Tu est.. - meti-lhe o dedo nos lábios.
-Eu estou bem, amor. - Beijei-o, para comprovar.-  E tu, como é que te sentes?
-Eu também estou, acho eu. Dói-me a cabeça e um braço, mas estou bem. Eu só preciso de uma coisa para ficar melhor..
                                                        ***
Íamos a passar pelas urgências quando ele me deteve com um puxão.
-Tens mesmo a certeza que queres fazer isto?
-Tenho - olhei em redor para ver se estava alguém por perto.- Vamos?


                                             (Penúltimo capitulo..)

30 comentários:

  1. não está mesmo :c
    obrigado por tudo, princesa ♥

    ResponderEliminar
  2. obrigada +.+
    eu farto-me facilmente do design e mudo sempre, mesmo que seja pequenas coisas.

    ResponderEliminar
  3. Ohhh , gosto tanto desta história +.+
    estou ansiosa já pela próxima parte

    ResponderEliminar
  4. «Vês que, aqueles por quem morres, são os que te matam lentamente.» tão verdade

    ResponderEliminar
  5. Ainda não tinha lido nenhum capítulo, li hoje todos e digo-te que fiquei rendida, é uma história de amor linda, estou ansiosa por ler os últimos capítulos para ver como a história acaba!
    Não demores muito :)

    ResponderEliminar
  6. Eu sei querida, adoro a história. Próxima parte please :)

    ResponderEliminar
  7. Querida, mete no separador 'histórias' todas as partes da história para ser mais fácil para as pessoas :) beijinho

    ResponderEliminar
  8. oh, obrigada querida! obrigada mesmo, também li o post e adorei, por isso tbm sigo :)

    ResponderEliminar
  9. este blogue é giríssimo, sem dúvida. vou seguir.
    p.s: gosto imenso das frases.
    beijinho

    ResponderEliminar
  10. sim, hei-de ler, promise. obrigada linda :)

    ResponderEliminar
  11. muito obrigada , blog lindo. sigo de volta :)

    ResponderEliminar
  12. bem, tive conhecimento deste blog atraves de uma amiga minha. e, (vou tratar-te por 'tu') acredita que ha cerca de meia hora, quando aqui entrei e começei a ler a historia que escrevias desde o 1º capitulo, ao longo dos capitulos fui ficando 'apaixonada' pela historia, adorei mesmo! e os teus textos, bem, tu escreves e parece que me identifico. a verdade é que sou muito sensivel e parecia uma madalena apaixonada aqui a chorar :b
    so te tenho a dizer, continua!
    vou seguir*

    ResponderEliminar
  13. sister, já te disse o que acho sobre a história, mas volto a dizer! acho que foi das melhores histórias que já li, ou talvez mesmo a melhor, e acho que não devia ser o penúltimo capitulo, acho que ainda podes escrever muito, vários capítulos! seria uma pena se a terminasses agora, está tão boa, acho que podias dar uma grande continuação, nem que sejam só mais uns quantos capítulos, nem que sejam poucos, mas não a acabes com o próximo capitulo, por favor! gostei tanto, e dá para ver que o resto dos teus seguidores também gostaram, vá pensa bem!

    ResponderEliminar
  14. Estive a ler esta história, e sabes? Acabei agora de ler o penúltimo capitulo de uma história lindíssima. Acredita que o que eu menos queria era que este fosso o penúltimo capitulo.
    Mas parabéns querida, está uma história mesmo comovente, muito boa, acredita.
    Beijinhos e fico à espera do ultimo capitulo, por pena minha.
    Fica bem (;

    ResponderEliminar